Acesso a medicamentos gratuitos no SUS – O que posso conseguir na Farmácia Popular

No Brasil, a saúde é um direito humano fundamental garantido pela Constituição de 1988, que criou o sistema universal de Saúde brasileiro (Sistema Único de Saúde – SUS). O SUS fornece medicamentos para cuidados ambulatórios através de programas de assistência farmacêutica e o Farmácia Popular – para usar ambos é necessário ter em mãos um documento oficial de identificação e o Cartão Nacional de Saúde. 

Farmácia Popular – Que remédios posso conseguir de graça?

O acesso aos medicamentos constitui o princípio orientador das políticas públicas estabelecidas na área da Assistência Farmacêutica (PA), mais popular por conta do programa Farmácia Popular.  Estes produtos são utilizados para intervenções terapêuticas básicas e têm impacto direto no desenvolvimento de ações de saúde.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais objetivos das políticas de medicamentos são o acesso e o uso racional de medicamentos essenciais de alta qualidade.

O SUS oferece medicamentos gratuitos para cuidados ambulatórios através de programas de PA. Os tratamentos são fornecidos para as doenças mais comuns através de unidades básicas de saúde (UBS) através básicas de componente de medicamentos esseicias e suprimentos são fornecidos para a prevenção, diagnóstico, tratamento e controle de doenças endêmicas.

Nos programas de medicação gratuita disponibilizada nos próprios postos de saúde ou nas farmácias pagas por meio do Farmácia Popular pode-se conseguir remédios gratuitamente para tratar:

  • diabetes,
  • hipertensão
  • doenças cardiovasculares,
  • infecções na infância
  • doenças respiratórias,
  • desidratação infantil,
  • parasitas intestinais
  • distúrbios mentais.

Lembrando que também pelo SUS pode-se conseguir remédios para o tratamento de doenças em específicos crônicas – como fibromialgia e esclerose múltipla – além de conseguir agendar consultas, exames de rotina e também tratamento odontológico. Afinal, o sistema único de saúde tem todo o aparato necessário para atender aos pacientes do diagnóstico ao tratamento.

A maior diferença entre os mais baratos planos de saúde e o SUS está no tempo de atendimento. Como a fia de espera ainda é grande para a maior parte dos procedimentos quem paga um plano compartilhado ou cooperativas tem ainda maiores chances de ser atendido com mais rapidez do que no sistema público de saúde, onde uma série de fatores são usados como indicativos para decidir quem vem antes de quem na fila de espera, que pode ser naturalmente longa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *